domingo, 31 de janeiro de 2010

Halitose, Flatulência e Caspa Social

Conforme o combinado no último post, vamos falar mais um pouco sobre Inteligência Social, mais especificamente sobre o conceito de 'Halitose, Flatulência e Caspa Social’ formulado por Albrecht.

Halitose Social

Segundo Albrecht, Halitose Social é um tipo de comportamento em que as pessoas abordam você sem sua permissão e o tratam como uma peça de mobília. Ele identificou alguns tipos interessantes. Um deles são as pessoas que têm apenas uma história e insistem em contá-la continuamente. Guardadas as devidas proporções, é como o pessoal de telemarketing que dispara a falar, tão logo você atende o telefone, sem qualquer chance de interrupção. Da mesma forma que uma cadeira, o ouvinte dessas pessoas permanece calado.

Flatulência Social

Segundo o consultor organizacional Edward Hanpton (deixo Albrecht de lado aqui, porque o conceito formulado por ele usa termos menos elegantes), "Algumas pessoas têm o dom de dizer coisas tão impróprias, deselegantes ou rudes, demonstrando tão pouca apreciação pelo contexto imediato que parecem sofrer de flatulência social".

São aquelas pessoas que costumo chamar "Sem Noção", pessoas que chegam sorrindo, contando piada e falando alto em um enterro.

Caspa Social

Albrecht considera 'caspa social' um padrão pelo qual o individuo impõe, egoisticamente, seus interesses aos outros, sem se importar com o que os outros acham. São aquelas pessoas que ligam o som do carro a toda altura, sem pensar em quem está em volta, pessoas que que não só atendem o celular como falam durante a missa ou um culto religioso. Do ponto de vista empresarial, são aqueles colegas que chegam em sua sala, sem avisar e sem serem convidados, sentam-se e começam a falar de suas necessidades ou outro assunto qualquer, sem se preocupar com a sua disponibilidade.

Caracterizados estes três comportamentos, convido o leitor a relatar situações que possam se enquadrar em cada um deles, compartilhando para que possamos nos prevenir.

Abraços

Humberto

Nenhum comentário:

Postar um comentário