domingo, 6 de março de 2011

Uma pausa para o Carnaval

No início dos anos 80, aconteceu um fato fantástico no Carnaval de Salvador, final da tarde e início da noite. Descendo a Av. Sete de Setembro, eu estava acompanhando o Trio Elétrico de Armandinho, Dodô e Osmar e, obviamente, fazendo jus à frase do ilustre baiano Caetano Veloso, “Atrás do Trio Elétrico só não vai quem já morreu”

De repente, quase ao chegar à Praça Castro Alves, o trio parou de tocar, para surpresa dos milhares de foliões ali presentes. Foi quando notei que, descendo a Rua Chile, também muito próximo à Praça, estava o Trio dos Novos Baianos, capitaneado por Moraes Moreira.

Naquele tempo, não existia o celular e eles se comunicaram por sinais. Deram um acorde conjunto e começaram, ao mesmo tempo a tocar “Chão da Praça”, música que começa muito lenta mas depois, não deixa mais ninguém parado.

Se fecho os olhos, lembro-me nitidamente da emoção que senti enquanto pulava junto às milhares de pessoas que lotavam a Praça Castro Alves. Bons tempos, aqueles.

Este ano, Moraes quer reeditar o encontro de trios junto com a Banda Eva e espero que consiga fazer também com o Trio de Armandinho. Será a volta do carnaval baiano aos meus tempos de folião, e saibam que parei de brincar carnaval há 29 anos.

Para quem não conhece a música deixo um link do carnaval do ano passado. http://www.youtube.com/watch?v=d5LtLrr2JxA&feature=related

Abraços e bom carnaval a todos

Nenhum comentário:

Postar um comentário