segunda-feira, 16 de abril de 2012

Os 20 hábitos que os executivos devem abandonar – Hábito 9

Baseado no livro de Marshall Goldsmith What got you here won’t get you there (traduzido como Reinventando o seu próprio sucesso).

“Gastamos muito tempo ensinando líderes o que fazer. Não gastamos tempo suficiente ensinando líderes o que parar de fazer” – Peter Drucker.

“Negatividade” ou, “Deixe-me explicar por que isso não vai funcionar”.

Estranhamente, muitos têm a necessidade de compartilhar pensamentos negativos, mesmo que ninguém peça.

Algumas destas pessoas são incapazes de dizer algo positivo a favor de qualquer projeto. Uma frase polida com que estas pessoas se expressam é: “o único problema com esta ideia é...”.

A negatividade é uma forma de demonstrar “autoridade” e “expertise” sobre o assunto, é ser “superior” aos demais.

As pessoas podem ver o lado negativo de uma proposta, claro. É até salutar, porque pode nos chamar à atenção para pontos-fracos que, eventualmente, deixamos escapar. O que não pode acontecer é ver SOMENTE o lado negativo. Isto nos leva à estagnação, nos impede de crescer, de ver outras possibilidades.

Ao longo dos anos, acabei desenvolvendo alguns antídotos contra o negativismo. São eles:

- Contra o negativista crônico e incurável: me afastar ou não dar a ele a chance de ser negativista, conversando sobre amenidades ou coisas que não possam me afetar negativamente.

- Contra os demais negativistas, uso a técnica das duas perguntas, dependendo da situação:

1. O que você sugere para que este projeto dê certo?

2. Que outra sugestão você daria para esta situação?

Vamos refletir. Será que estamos sendo negativos demais?

Abraços

Nenhum comentário:

Postar um comentário